ABB e Vattenfall reconhecidos pela tecnologia pioneira HVDC

IEEE Milestone reconhece a primeira rede de transporte comercial de HVDC no mundo em Gotland, Suécia

O Institute of Electrical and Electronics Engineers (IEEE) reconheceu a primeira rede de transporte comercial do mundo HVDC, em Gotland, na Suécia, como um marco importante da engenharia elétrica.

Há mais de 60 anos atrás, a ABB introduziu uma nova maneira de transportar energia através de longas distâncias com perdas mínimas - Corrente Direta de Alta Tensão (HVDC). A ligação de Gotland era a primeira do seu género no mundo. Este marco pioneiro passará a fazer parte do prestigiado IEEE Milestones, que reconhece realizações técnicas significativas no mundo da engenharia elétrica. Os reconhecimentos IEEE Milestone incluem também inovações tecnológicas como, a invenção da lâmpada, o leitor de CD e o nascimento da internet. O IEEE, com mais de 400.000 membros, é a maior associação mundial de profissionais técnicos.

"O HVDC é uma tecnologia que mudou as regras do jogo e que ocupa um lugar de destaque na herança inovadora da ABB. Estamos honrados com o fato de o projeto Gotland, a primeira rede HVDC comercial do mundo, receber o reconhecimento do IEEE e de ter o privilégio de partilhar essa honra com a Vattenfall, que abraçou esta tecnologia ", disse Claudio Facchin, presidente da Power Grids ABB. "A tecnologia HVDC desempenhará um papel vital na formação de uma rede cada vez mais digital e conectada e é um elemento-chave da estratégia Next Level da ABB, à medida que reforçamos a nossa liderança global como um parceiro de escolha para permitir uma rede mais forte, inteligente e mais ecológica".

Na década de 1950, na Suécia, o consumo de eletricidade estava a crescer rapidamente, mas as maiores reservas hidroelétricas no norte do país estavam a mais de mil quilómetros dos principais centros do sul. Isso significava que áreas como Gotland - uma ilha no sul da Suécia - precisavam de produzir a sua própria eletricidade com o dobro do custo do continente. Essa situação levou ao desenvolvimento de um sistema de transporte eficiente, fiável e económico para o transporte de energia em longas distâncias e concretizou-se na primeira rede de transporte comercial HVDC que permitiu o fluxo de energia através de um cabo submarino de 96 km entre Västervik, no continente sueco, e Ygne , uma cidade situada na ilha de Gotland.

Quando inicialmente instalada, esta ligação HVDC tinha uma capacidade de 20 megawatts (MW) e operava a uma tensão de 100 kilovolts (kV). Têm sido feitas atualizações progressivas pela ABB com a evolução da tecnologia HVDC. Atualmente, a instalação tem uma tensão nominal de 150 kV e a capacidade de transmitir 320 MW de potência, fornecendo energia suficiente para atender às necessidades dos 60.000 habitantes de Gotland. Também permite que a energia eólica limpa, gerada na ilha, seja transportada para o continente. A rede está a ser melhorada de forma a permitir a integração de mais energia eólica na rede.

Algumas das maiores cidades do mundo, incluindo Los Angeles, São Paulo, Xangai e Delhi, contam com redes de transporte HVDC para fornecer grandes quantidades de energia, muitas vezes a partir de fontes de energia renovável ​​localizadas a milhares de quilómetros de distância. As redes HVDC também estão a ser cada vez mais utilizadas como interligações entre regiões e países, permitindo uma utilização plena das energias renováveis, o equilíbrio das cargas e a comercialização de energia. A tecnologia também é amplamente utilizada para integrar a energia de parques eólicos offshore e fornecer energia renovável a redes continentais.

A tecnologia HVDC pode agora fornecer até 12 gigawatts de potência em níveis de tensão de até 1.100 kV, cobrindo distâncias de mais de 3.000 quilómetros. A ABB foi pioneira na tecnologia HVDC há mais de 60 anos e recebeu mais de 110 projetos HVDC, representando uma capacidade total instalada de mais de 120.000 megawatts, cerca de metade da base instalada global.

A ABB desenvolveu ainda mais o sistema HVDC nos anos 90 introduzindo uma solução de conversor de tensão (VSC) denominada HVDC Light® e a primeira ligação de energia VSC do mundo também foi instalada em Gotland. Em abril de 2017, a ABB escreveu o próximo capítulo desta tecnologia, duplicando a capacidade de potência para 3.000 MW e a capacidade de distância para 2000 km, elevando a capacidade de tensão para 640 kV e potencial para fornecer 350 por cento mais de energia por metro quadrado de espaço utilizado. A ABB também lidera nesta tecnologia, tendo executado 18 dos 24 projetos VVC HVDC encomendados no mundo.

ABB (ABBN: SIX Swiss Ex) é um líder tecnológico pioneiro em produtos de eletrificação, robótica e movimento, automação industrial e redes energéticas, com clientes globais de serviços públicos, indústria, transportes e infraestruturas. Continuando uma história de inovação com mais de 125 anos, a ABB está a escrever hoje o futuro da digitalização industrial e a impulsionar a Revolução Energética e a Quarta Revolução Industrial. A ABB opera em mais de 100 países com cerca de 132.000 empregados.

      • Twitter
      • Facebook
      • LinkedIn
      • Weibo
      • Imprimir
      • Email

    Entre em contato

    Para mais informação:
    seitp202 bd31dd556da5b620c1258122002fb97e